sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Mais uma daquelas

Essa foi mais uma noite daquelas. Já aceitei para mim mesma que cheguei na fase do "não dormir". Não é que eu esteja preocupada com alguma coisa em especial (imagina!!!!), mas acho que é mais a ansiedade do casamento chegando.

Nessa semana não dormi direito uma única noite, mas a de hoje foi a pior. Tenho a sensação que passei a madrugada de vigília. To com tanto sono que não consegui sequer me arrumar para trabalhar. To igual a um bicho grilo.. peguei a primeira roupa que vi e me enfiei nela. Nem sapato calcei, vim de chinelinho mesmo.. só dentro do ônibus me lembrei que tenho uma reunião importante às 10h.... agora já foi.

Mas voltando à noite calamitosa, os poucos minutos que tive a impressão de dormir, sonhei com o casamento. Dessa vez não foram pesadelos, mas sim acontecimentos muito bons. Primeiro eu estava casando em uma igreja (o que não será o caso). Tudo estava exatamente como combinado: a roupa do Gil, o meu vestido, o vestido da minha mãe. Foi muito real. A única coisa errada é que eu esqueci o buquê. É a minha atual preocupação, pois não escolhi o modelo até agora.

No meu segundo milésimo de sono acredito que o meu subconsciente ficou preocupado com o primeiro, então eu estava em uma floricultura escolhendo o buquê. A moça anotou meus dados e me deu o valor de R$ 23,40 por um buquê de rosas amarelas (até parece!!!!). Nesse meio tempo, o Patrick que trabalha comigo me ligou perguntando onde eu estava, pois ele já tava na porta da agência e queria entrar. Falei que tava chegando. Peguei o ônibus e acordei novamente. Não sei se foi por acaso, mas esqueci a chave da agência em casa hoje.. ficamos todos presos em liberdade até a Bruninha chegar.

Na minha terceira tentativa de dormir, estava casando lá no Santa Clara mesmo (local onde será de fato o casório). Ontem estávamos conversando eu e mamãe sobre casar no auditório do local, então imaginem onde eu estava no meu sonho... pois é, lá mesmo. O auditório tava lindo e, adivinhem, esqueci o buquê de novo!!!!! Tô achando que é perseguição.

Depois comprimentamos os convidados, minha mãe me abraçou, o Gil chorou e eu acordei às 5:30h e nem cristo me fez dormir de novo. Fiquei de olho fechado apenas porque eles não quiseram abrir. Quase desisti da cama e fui para a praia lá pelas 6h, mas imaginei que não conseguiria chegar lá, então continuei onde estava mesmo.

Por fim, devo dizer que hoje só me aguento em pé na base de muito café forte. Nessas horas eu queria muito não ter escrúpulos, ter ligado para a agência e dito que estava passando muito mal e que precisava ficar em casa. Infelizmente minha consciência é muito certinha, então aqui estou eu.

4 comentários:

Ana disse...

Noites em claro são complicadas!!!
Acho que seu subconsciente tá te ORDENANDO resolver o buquet hein!? hehehe
tomara que tenha uma noite melhor hoje a noite!
beijos

Karine disse...

Gabi, adorei o blog. Poderia ter cancelado nossa reunião que não teria problema, mas obrigada pela reunião importante (que acabou sendo um bate papo descontraído, rs). Vou esperar as revistas, rs.
Bjinho e que vc consiga ter noites de sono boas com seu travesseiro novo.

Ana Clara Flores disse...

olá.. iremos morar lá. Inicialmente devemos alugar uma casa, ate pq comprar uma casa nao sai mais barato que 250 mil libras (quase 800 mil reais)... um poco fora do meu poder aquisitivo real.

Dedinhos Nervosos disse...

Vou levar um convite extra, só por via das dúvidas rsrs