quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Ansiedade

Entrei na fase do nada acontece. Na verdade, acontece um monte de coisa, mas tô tão ansiosa que parece que o tempo parou. Tá até parecendo gravidez. Até os 7 meses o tempo voa, mas dos 7 aos 9 a impressão que se tem é que já passaram uns 10 meses e o nenem não vai nascer nunca mais (não tenho filhos, mas passei por isso com minha grande amiga Carla - a responsável pelos meus convites).

Essa espera dos dois últimos meses está me deixando maluca. É uma vontade doida de entrar na igreja, casar logo, ir para a lua de mel, ver como será minha vida junto do Gil... coisas assim, que me deixam muito curiosa. Tô doida para viver todas essas emoções. Dizem que o melhor da festa é esperar por ela.. devo confessar que estou meio cansada de esperar.

Já tenho tudo defido, vestido sendo feito, buquê escolhido, local, decoração, então dá aquela ansiedade de ver tudo na prática. E os presentes, então. Estão começando a chegar. Tô que nem criança quando compra o material escolar... tem vontade de usar tudo, mas sabe que tem que manter os cadernos branquinhos até as aulas começarem.

Eu sei que parece loucura, mas esse 1 mês e meio tá se arrastando. Eu queria que hoje já fosse 1ª de março e eu estivesse saindo do cartório e indo para o supermercado fazer compras. Tenho uma agenda lotada que fica na expectativa de ser cumprida.. to enlouquecendo. Noiva desesperada nunca combinou tanto comigo.

Esse final de semana vai ser o mais atarefado de todos. Tenho um casamento para ir. É claro que vou levar meu caderninho e anotar cada coisinha da qual tenho dúvida. Vou escolher o piso do apartamento, definir as flores do vestido e do cabelo, comprar o véu. Depois, marquei até um almoço na casa da Carla para ver se dou uma relaxada. O Arthur (filho da Carla) é sempre a minha terapia. Fico ansiova, vou ficar com ele. Fiz isso no dia que apresentei minha monografia e vou fazer de novo. Criança deixa a gente sempre muito ocupada, então a melhor coisa é ter elas por perto nessas horas.

Tentando resumir (sei lá eu se consegui expressar alguma coisa ou se só falei um monte de blá blá blá repetido) eu estou a beira da loucura, com uma vontade enorme de adiantar o relógio, ser o Super Homem e voar lá no espaço para fazer a Terra girar mais rápido. Minha cabeça tá uma confusão só e o meu coração não me daria nem 1 minuto para responder às questão do Pulsação - de tão rápido que ele está.

2 comentários:

Ana Clara Flores disse...

que anciedade gostosa!!
cara, falta taaaanto tempo que pra eu casar!!!! queria tá nessa anciedade já?! (alias, já estou nesta anciedade!!)

Hacsa disse...

Nooooossa, me identiquei tanto com os seus comentários. Falta 1 mês e meio pro meu casamento e o tempo parece que agarrou. Antes tava passando tão rápido, mas agora... Tô ansiosíssima!!! Parece que vou ficar maluquinha! Estou doida pra entregar os convites, ver a minha casa pronta, escolher os adereços que vou usar, acabar de fazer o enxoval... E principalmente louca pra chegar o grande dia, ver aquela cerimônia linda, a festa tão sonhada, ir pra lua-de-mel com o meu amor e nos mudarmos pra nossa casinha do amor.
Acho que nunca fiquei tão desesperada como agora. Hhhhhheeeeeeeeeeellllllllppppppp!!!

Seu dia já chegou, né sortuda ex-noiva desesperada, promovida a esposa feliz?! Parabéns!
Aliás,seu dia não apenas chegou como já se passaram 2 meses depois dele. Aposto que a partir do casamento o tempo voou. *Risos.
Torce pro meu dia chegar logo tbm.
Bjim